16 C
Cuiabá
sexta-feira, julho 30, 2021

Prefeitura deve tornar feriados municipais e estaduais como dias úteis em Cuiabá em 2021 e 2022 para aquecer a economia local

InformaMT

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), deve transformar os feriados estaduais e municipais em dias úteis, tanto em 2021 quanto em 2022. A ideia é que a medida aqueça a economia local.

A proposta foi discutida entre o prefeito e o o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior.

Wenceslau Júnior explica que com a aplicação da lei, os comerciantes de Cuiabá ganharão dias a mais para recuperar os negócios e ajudar a impulsionar os cofres do município.

Para ele, além do fôlego dado para os empresários, os dias a mais de trabalho podem significar muito para patrões e empregados do comércio.

Pode, ainda, impulsionar a contratação de trabalhadores e contribuir para a economia com o aumento na arrecadação de impostos, segundo o presidente.

O prefeito da capital afirma que a aplicação da lei vai colaborar com os empresários quanto aos prejuízos causados em decorrência da pandemia da Covid-19.

Para isso, o prefeito deve divulgar um decreto que possibilita que os feriados se tornem dias úteis. O documento deve ser publicado nos próximos dias.

O ofício da Fecomércio foi encaminhado à Procuradoria Geral do município, que dará os devidos encaminhamentos necessários para as alterações na legislação municipal.

Feriados municipais de 2021:

  • 20 de novembro – Homenagem ao Líder Negro Brasileiro Zumbi dos Palmares;
  • 08 de dezembro – Dia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição.

Feriados municipais de 2022:

  • 15 de abril – Feriado da Paixão de Cristo (Sexta-Feira Santa);
  • 08 de abril – Fundação da cidade de Cuiabá;
  • 16 de junho – Corpus Christi
  • 20 de novembro – Homenagem ao Líder Negro Brasileiro Zumbi dos Palmares;
  • 08 de dezembro – Dia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição.

 

InformaMT/G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE

NOTÍCIAS

Leia mais notícias