34 C
Cuiabá
sábado, janeiro 23, 2021

Deputada rebate filho de prefeito e garante que MDB apoiou EP

A vice-presidente do MDB em Mato Grosso, deputada estadual Janaina Riva, rebateu publicação feita na tarde desta segunda-feira (7) pelo deputado federal,  Emanuelzinho (PTB), em seu Facebook. Acontece que no post, o parlamentar opina sobre a atuação do MDB durante o pleito municipal, em que várias lideranças do partido não subiram no palanque do pai, Emamuel Pinheiro.

Em seu texto, Emanuelzinho destaca que o MDB optou por não se manifestar nas eleições em 2020 na Capital, mas que agora com fim das eleições “todos querem discutir, dar opinião, e ajudar a conduzir”.

Ele ainda aproveitou para dar um conselho ao pai, orientando-o a não se envolver em picuinhas e focar na administração da cidade. “Prefeito, se preocupe com Cuiabá, continue o seu trabalho. Foque naqueles que precisam da sua administração. Aqueles que tiverem a verdadeira consciência de que Cuiabá está acima de qualquer pequenez, briga por espaços, ou para se bater o martelo sobre quem está certo e quem está errado, se apresentará para ajudar Cuiabá, não com palavras e discursos, mas com ações e com trabalho. Portanto, não se prenda a discussão de uma meia dúzia que pensa mais em si e no próprio umbigo, com suas demandas eleitorais. Se preocupe com seu grande amor, que é Cuiabá, e abra as portas pra quem ajudar de verdade, e aqueles que desejarem insistir em picuinhas, deixe-os falando sozinho”, escreveu Emanuelzinho.

A postagem não passou em branco por Janaína Riva, que não apoiou Emanuel nestas eleições. No primeiro turno, ela esteve ao lado de Roberto França (Patriota) e, no segundo, optou pela neutralidade. O pano de fundo para Janaína não apoiar Emanuel foram as críticas do prefeito a delação premiada do seu pai, o ex-deputado José Riva.

Porém, conforme Janaina, Emanuelzinho não tem legitimidade alguma para falar sobre assuntos internos do MDB. Ela ainda ironizou a votação pouco expressiva que o filho do prefeito recebeu na disputa em Várzea Grande, figurando no terceiro lugar na disputa pela prefeitura.

Janaina ainda fez questão de destacar que o prefeito Emanuel Pinheiro recebeu R$ 1 milhão do MDB nacional e R$ 400 mil reais articulados pelo presidente Carlos Bezerra do fundo partidário.

“O deputado mostra-se magoado com a “surra política” que levou do MDB de Várzea Grande, onde obteve praticamente a mesma quantidade de votos para prefeito do que recebeu como deputado federal (3 mil votos de diferença apenas), saindo do pleito menor politicamente. O trauma político causado em Várzea Grande, talvez seja razão para tamanha insensatez e pequenez ao se referir ao maior partido de Mato Grosso que fez 23 prefeitos, inclusive o prefeito da Capital. Não sabemos como o PTB se porta em Mato Grosso, mas no MDB mantemos regras rígidas com relação as deliberações de candidaturas. Sendo o prefeito Emanuel Pinheiro aprovado por convenção partidária”, diz Janaina.

“A atitude de opinar sobre o partido alheio mostra a imaturidade do parlamentar. O MDB possui 2 deputados federais, 3 deputados estaduais, 1 secretário de estado, prefeitos, vereadores e milhares de lideranças. Sobram no partido maturidade e experiência para definirem os rumos a serem tomados. Tornando a preocupação do deputado inócua e sem sentido”,  completou.

VEJA NOTA NA ÍNTEGRA 

Nota de Esclarecimento

A respeito da fala do deputado Emanuelzinho (PTB), a deputada estadual Janaina Riva como vice-presidente estadual do MDB tem a dizer que:

1. Ele é do PTB de Várzea Grande, sem legitimidade alguma para falar sobre assuntos internos do MDB;

2 . O deputado mostra-se magoado com a “surra política” que levou do MDB de Várzea Grande, onde obteve praticamente a mesma quantidade de votos para prefeito do que recebeu como deputado federal (3 mil votos de diferença apenas), saindo do pleito menor politicamente;

3. O trauma político causado em Várzea Grande, talvez seja razão para tamanha insensatez e pequenez ao se referir ao maior partido de Mato Grosso que fez 23 prefeitos, inclusive o prefeito da Capital;

4. Não sabemos como o PTB se porta em Mato Grosso, mas no MDB mantemos regras rígidas com relação as deliberações de candidaturas. Sendo o prefeito Emanuel Pinheiro aprovado por convenção partidária;

5. O prefeito Emanuel Pinheiro recebeu R$ 1 milhão do MDB nacional e R$ 400 mil reais articulados pelo presidente Carlos Bezerra do fundo partidário;

6 . A atitude de opinar sobre o partido alheio mostra a imaturidade do parlamentar. O MDB possui 2 deputados federais, 3 deputados estaduais, 1 secretário de estado, prefeitos, vereadores e milhares de lideranças. Sobram no partido maturidade e experiência para definirem os rumos a serem tomados. Tornando a preocupação do deputado inócua e sem sentido.

 

FONTE: FOLHAMAX

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE

NOTÍCIAS

Leia mais notícias