32 C
Cuiabá
terça-feira, outubro 19, 2021

Cuiabá proíbe professores não vacinados de entrarem em escolas e descontará faltas do salário

InformaMT

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) sancionou nesta quarta-feira (22) a Lei Complementar Nº 498, de 22 de setembro deste ano, que dispõe sobre o retorno das atividades escolares presenciais na rede pública municipal de ensino de Cuiabá, que acontece na segunda-feira (27). Os professores só poderão acessar as unidades escolares mediante apresentação do cartão de vacinação.

As aulas presenciais serão no no formato híbrido, com redução do número de alunos nas salas.

No total, são 167 unidades no município, sendo que somente poderão ter acesso e permanecer nos ambientes escolares, os profissionais que tiverem sido imunizados.

Segundo a Lei Complementar, os profissionais da educação deverão apresentar comprovante de vacinação para o início de qualquer atividade letiva/pedagógica presencial. Aqueles que deixarem de comparecer as suas atividades terão as faltas registradas e, os dias não trabalhados serão descontados nos respectivos vencimentos, salários ou remunerações.

Cerca de 9 mil profissionais trabalham na rede pública municipal de Educação, incluindo a sede. Quase a totalidade dos profissionais já tomou a primeira dose e mais de 80% a segunda dose.

De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, apesar dos números relacionados a Covid-19 estarem em queda em Cuiabá, a pandemia não acabou e a população precisa continuar atenta aos cuidados, para evitar a contaminação.

“Num universo que reúne mais de 45 mil alunos, cerca de 9 mil profissionais além dos pais, não podemos baixar a guarda. Temos que manter todas as medidas de biossegurança, para que possamos manter a saúde, o bem-estar e a vida dos nossos alunos e profissionais, e das famílias cuiabanas”, disse Emanuel Pinheiro.

Medidas de prevenção

A Lei Complementar Nº 498, traz os procedimentos que devem ser adotados pelas unidades educacionais como a instalação de dispensadores de álcool 70% em quantidade suficiente para atender as pessoas que passarão a frequentar diariamente as creches, Centros Educacionais Infantis Cuiabano (CEIC), Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI), e Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB).

“Desde o início da pandemia, quando por medida de segurança foi necessária a suspensão das aulas presenciais, Cuiabá vem adotando medidas para preservar a saúde, o bem estar e a vida da população. Ao mesmo tempo, trabalhamos de forma incansável para quando fosse possível o retorno das atividades escolares presenciais, sem que isso trouxesse um risco para nossas crianças, profissionais e famílias. Nossos cerca de 9 mil profissionais da Educação estão vacinados com a primeira dose e nos próximos dias, todos eles terão recebido a segunda dose”, disse Emanuel Pinheiro.

 

 

 

InformaMT/OlharDireto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE

NOTÍCIAS

Leia mais notícias